domingo, 9 de julho de 2017

Garoto Ramone

Se tu é feio e mesmo assim tem coragem de ser um frontman , se tu não toca nada e mesmo assim tem coragem de montar uma banda , se tu usa camisa de banda 24hrs por dia , se tu usa calça rasgadas , se tu não da a minima pra opinião dos outros , se a tua jaqueta de couro surrada é o teu bem mais precioso.....tu é um Garoto Ramone .


quarta-feira, 28 de junho de 2017

Desobediência : Virtude Original do Homem

Oscar Wilde (in The Social Soul of a Man uder Socialism, 1891)

Pode-se até admitir que os pobres tenham virtudes, mas elas devem ser lamentadas. Muitas vezes ouvimos que os pobres são gratos à caridade.Alguns o são, sem dúvida, mas os melhores entre eles jamais o serão. São ingratos, descontentes, desobedientes e rebeldes - e têm razão. Consideram que a caridade é uma forma inadequada e ridícula de restituição parcial, uma esmola, geralmente acompanhada de uma tentativa impertinente, por parte do doador, de tiranizar a vida de quem a recebe. Por que deveriam sentir gratidão pelas migalhas que caem da mesa dos ricos? Eles deveriam estar sentados nela e agora começam a percebê-lo. Quanto ao descontentamento, qualquer homem que não se sentisse descontente com o péssimo ambiente e o baixo nível de vida que lhe são reservados seria realmente muito estúpido. 

Qualquer pessoa que tenha lido a história da humanidade aprendeu que a desobediência é a virtude original do homem. O progresso é uma conseqüência da desobediência e da rebelião. Muitas vezes elogiamos os pobres por serem econômicos. Mas recomendar aos pobres que poupem é algo grotesco e insultante. Seria como aconselhar um homem que está morrendo de fome a comer menos; um trabalhador urbano ou rural que poupasse seria totalmente imoral. Nenhum homem deveria estar sempre pronto a mostrar que consegue viver como um animal mal alimentado. Deveria recusar-se a viver assim, roubar ou fazer greve - o que para muitos é uma forma de roubo. 

Quanto à mendicância, é muito mais seguro mendigar do que roubar, mas é melhor roubar do que mendigar. Não! Um pobre que é ingrato, descontente, rebelde e que se recusa a poupar terá, provavelmente, uma verdadeira personalidade e uma grande riqueza interior. De qualquer forma, ele representará uma saudável forma de protesto. Quanto aos pobres virtuosos, devemos ter pena deles, mas jamais admirá-los. Eles entraram num acordo particular com o inimigo e venderam os seus direitos por um preço muito baixo. Devem ser também extraordinariamente estúpidos. Posso entender um homem que aceita as leis que protegem a propriedade privada e admita que ela seja acumulada enquanto for capaz de realizar alguma forma de atividade intelectual sob tais condições. Mas não consigo entender como alguém que tem uma vida medonha graças a essas leis possa ainda concordar com a sua continuidade. Entretanto, a explicação não é difícil, pelo contrário. A miséria e a pobreza são de tais modos degradantes e exercem um efeito tão paralisante sobre a natureza humana que nenhuma classe consegue realmente ter consciência do seu próprio sofrimento. É preciso que outras pessoas venham apontá-lo e mesmo assim muitas vezes não acreditam nelas. O que os patrões dizem sobre os agitadores é totalmente verdadeiro. 

Os agitadores são um bando de pessoas intrometidas que se infiltram num determinado segmento da comunidade totalmente satisfeito com a situação em que vivem e semeiam o descontentamento nele. É por isso que os agitadores são necessários. Sem eles, em nosso estado imperfeito, a civilização não avançaria. A abolição da escravatura na América não foi uma conseqüência da ação direta dos escravos nem uma expressão do seu desejo de liberdade. A escravidão foi abolida graças à conduta totalmente ilegal de agitadores vindos de Boston e de outros lugares, que não eram escravos, não tinham escravos nem qualquer relação direta com o problema. Foram eles, sem dúvida, que começaram tudo. É curioso lembrar que dos próprios escravos eles recebiam pouquíssima ajuda material e quase nenhuma solidariedade. E quando a guerra terminou e os escravos descobriram que estavam livres, tão livres que podiam até morrer de fome livremente, muitos lamentaram amargamente a nova situação. Para o pensador, o fato mais trágico da revolução francesa não foi o de que Maria Antonieta tenha sido morta por ser rainha, mas que os camponeses famintos da Vendée tivessem concordado em morrer defendendo a causa do feudalismo.


sexta-feira, 23 de junho de 2017

Little Ramona

Quando eu voltei do inferno
Mesmo achando que não conseguiria
Quando eu atravessei toda a madrugada fria
Cruzando a cidade caminhando
Quando todo as as chances apontavam
para a derrota eminente.....
Mas mesmo assim eu segui em frente
Quando eu pensei em simplesmente desistir
Sentar no meio-fio da calçada e ver a vida
Simplesmente passar
Quando as todas canções que escrevi
mesmo antes de você existir....
na minha história
Tudo mesmo sem eu saber tinha um motivo
e era você.....
Quando toda a minha loucura
fez sentido pela primeira vez
Quando você resolveu caminhar do meu lado
Mesmo sabendo que eu não sabia para onde ir
nem mesmo uma cama pra dormir
Quando o coração não cabia mais no peito
Tudo tinha um motivo
e sempre foi você

domingo, 4 de junho de 2017

Amor

O quão perto das luminárias
a mariposa pode chegar
antes de queimar as sua asas e morrer
O quão perto eu posso chegar
perto de você sem incendiar

Jack Oldpunk

domingo, 28 de maio de 2017

Xotaina

O seu perfume invade
minhas narinas
O gosto do seu sulco
permanece na minha língua
Uma dose,uma noite
Uma foda
Nunca é o bastante
A abstinência me deixa doente
Xotaina
Pra sempre

O álcool também me relaxa
Mas não me traz o prazer
Que você me proporciona
Sou um dependente químico
pra vida toda

Você me chama de machista
Sexista ,
Mas docinho não é nada disso
Sou um fraco
Apenas um drogado
E xotaina é o meu vicio
Um fraco , apenas um fraco
Permanentemente chapado

Louco de Cara



A pior coisa em não usar drogas, é que quando tu faz uma baita merda ou uma loucura , não pode colocar a culpa nelas.