segunda-feira, 15 de abril de 2019

Desamor

Uma guerra violenta sem sangue
feita de silêncios intermináveis
e dolorosas ausências
gestos sem nenhum carinho
e beijos frios feito mármore
Distâncias intermináveis
na mesma cama
esperando apenas que tudo acabe
O desamor nasce aos poucos
Se acomoda pouco a pouco
e toma conta de tudo por completo
é quando a indiferença invade
E aquele amor que não cabia no peito
Agora desce pelo ralo

sábado, 6 de abril de 2019

VSF

A toda babaquisse tacanha , conservadora , armamentista , aquela testosterona de anabolizante , aquela burrice "consulta no goggle" , aquela opinião furada de quem nunca viveu tal situação , aquele preconceito enraizado na alma , aquele romantismo de pitboy de academia, a todo pensador de escritório , o poeta sem cheiro de rua, a opinião mastigada e ruminada por terceiros .....deixo a todos minha cara de felicidade por ser um maluco que achar tudo isso um tédio , ou um saco .



quarta-feira, 3 de abril de 2019


Final de noite
num boteco qualquer
durante uma noite chuvosa
nos encontramos
Vindos de outras histórias
não quero saber do seu passado
Nem se daremos certos no futuro
Quero um beijo com corte e saliva
Viver o tesão do agora
Corações famintos
adoram ser quebrados
Estão acostumados
com o gosto amargo da derrota
sem culpa alguma
e também nenhuma lembrança na memória
Talvez não existam mais lágrimas
para se derramar
Vivendo intensamente
entre a danação e a glória

Babaca Sentimental

Um poeta fracassado
Poemas escritos em guardanapos
Falando de uma solidão etílica
Que caminha nos bares
Da noite sulista
Onde todos querem
Uma segunda chance
Para ter novamente
O coração quebrado

Alguns dias tristes
Monossilábico
Em outros exacerbados
Verborrágico
Autodestrutivo por pura diversão
Encantado esperando o temporal
Ou apenas um velho
Babaca sentimental

domingo, 10 de março de 2019

Provérbios de boteco

Você paga o preço
Corre os riscos
Ou apenas assiste & vegeta
Depois banca o esperto
mas é apenas mais um idiota

Fé & Amor

Fé Amor

Acredita que você é uma pessoa melhor
mesmo você não sendo
Encontra qualidades
Nessa estante particular de defeitos
E faz você acreditar nisso
Convive com sua loucura
Com todo esse ferro velho sentimental
E consegue achar tudo normal
Acha graça nas coisas que você diz sem sentido
nos seus exageros e na sua falta de habilidade
de conviver com a normalidade
Consegue te entender
Mesmo você não se entendendo
Não se assusta mais
com essa sinceridade
Exacerbada
Essa vontade incontrolável
de remar contra a maré
Onde tudo é desconfiança
Ela tem fé