sábado, 25 de março de 2017

Não quero mais você por perto

Eu tenho muitas historias pra te contar garota
Mas não adianta
Você é um vazio completo

Não me peça para andar ao seu lado
Você me deixa de saco cheio
Não quero mais você por perto

Talvez eu realmente não tenha nenhum talento
nem seja tão esperto
Mas eu sei muito bem o que eu não quero

É sempre a mesma conversa fiada
Desculpas que eu não quero mais ouvir
Cansei , pode chorar
Não quero mais você por perto

segunda-feira, 20 de março de 2017

Olho do Furacão

Olho do Furacão

Olhar vazio, perdido
Fixo no nada
Sentado na cozinha
No escuro da madrugada
Estações no inferno
Permanência prolongada

Cafe da manhã
A seis quadras de casa
Cortesia da agência bancária
Fraco e frio ,
Com bolachas quebradas

No olho do furacão
O gosto amargo da derrota
Permanece intacto
O almoço é servido em porções pequenas
em degustações no supermercado

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Arrisquei Tudo De Uma Vez

Arrisquei tudo de uma vez
Quando o mais sensato
Seria ter ficado parado
Nunca entendi o mundo
Por isso nunca esperei
Que ele me entendesse
Nunca cedi as pressões
Tudo seria mais fácil talvez
Porque sei que o sistema
Sempre vence
Mas por um tempo
Tive a sensação
que ele podia perder....

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

O monopólio da corrupção

A saída dos governos de "esquerda" na teoria significariam o fim da corrupção segundo a mentalidade simplista do eleitor , o que se demonstra até agora , mesmo o eleitor sendo globotomizado , foi que ocorreu o monopólio da corrupção , direitos trabalhistas vendidos como o maior problema da crise brasileira , escondendo-se o fato que o maior problema do país desde as capitanias hereditárias é a gestão pública , que a cada quatro anos é trocada , mas os problemas mantem-se sempre os mesmos . O agente político tupiniquim é um dos mais incompetentes do planeta , populista e carreirista na forma mais pejorativa do termo.

Capitalismo ou Socialismo ? Anarquia baby




sábado, 7 de janeiro de 2017

Canções Fantasmas

Entre uma canção e outra nas madrugadas sulistas dos anos 80 , nos ensaios eternamente longos , regados a cafe preto e insônia , surgiam letras que não se encaixavam....e que por sorte eu guardei , e volta e meia elas voltam a me assombrar , como fantasmas.

O universo parece todo em câmera lenta
As nuvens simplesmente congelaram
No céu azul estupido de abril
Sinto a sua falta , mas não consigo mais chorar
As lágrimas secaram
Mas a dor continua me esperando
Na esquina do meu quarto
Descansando entre as cobertas
A fumaça do cigarro
Não me acalma mais
Nem todo o álcool da galaxia
Tira o gosto amargo
Sinto falta até do que nós não conseguimos viver
das histórias que ficaram sem finais